TRANSPLANTE CAPILAR

Preço sob consulta

Carregando...

Detalhes sobre o produto

Descrição Rápida

O transplante capilar é um procedimento cirúrgico que tem como objetivo preencher a área sem cabelo com cabelo da própria pessoa. Esse procedimento é normalmente indicado em casos de calvície, mas também pode ser feito em casos de perda de cabelo por acidentes ou queimaduras.

Como é feita a TRANSPLANTE CAPILAR

O transplante capilar pode ser feito por meio de duas técnicas, FUE ou FUT:

  • FUE, ou Extração de Unidade Folicular, é uma técnica que consiste na retirada dos folículos um a um, com auxílio de um equipamento cirúrgico, e implante também um a um diretamente no couro cabeludo, por exemplo, sendo ideal para tratar pequenas regiões sem cabelo. Essa técnica também pode ser realizada por um robô operado por um profissional experiente, o que torna o procedimento mais caro. No entanto, a recuperação é mais rápida e as cicatrizes são menos visíveis e o cabelo as cobre facilmente;
  • FUT, ou Transplante de Unidade Folicular, é a técnica mais indicada para tratar áreas maiores e consiste na retirada de uma faixa do couro cabeludo, normalmente da nuca, na qual são selecionadas unidades foliculares que serão colocadas no couro cabeludo em pequenos orifícios que são feitos na área receptora do transplante. Apesar de ser um pouco mais barata e mais rápida, essa técnica deixa uma cicatriz um pouco mais visível e o tempo de repouso é maior, só sendo permitida a volta à prática de atividades físicas só após 10 meses da realização do procedimento.

Ambas as técnicas são muito eficientes e garantem resultados satisfatórios, cabendo ao médico decidir junto ao paciente a melhor técnica para o caso.

Normalmente o transplante capilar é feito por um cirurgião dermatológico, sob anestesia local e sedação leve e pode durar entre 3 e 12 horas, dependendo do tamanho da área que irá receber o transplante, e, no caso de áreas muito grandes, o transplante é realizado em dois dias consecutivos.

Como se preparar para cirurgia

Antes do transplante o médico deverá solicitar uma série de exames para avaliar a saúde geral da pessoa, como raio-X de tórax, hemograma, ecocardiograma e coagulograma, que é feito para verificar a capacidade de coagulação do sangue da pessoa e, assim, verificar os riscos de sangramento.

Além disso, é recomendado evitar fumar, consumir bebida alcoólica e cafeína, cortar o cabelo e utilizar anti-inflamatórios, como Ibuprofeno ou Aspirina, por exemplo. Também é indicado proteger o couro cabeludo para evitar queimaduras e lavar bem a cabeça.

Como é a recuperação da cirurgia

Após o transplante é normal que a pessoa não tenha sensibilidade na área onde foram retiradas as unidades foliculares e na área em que houve o transplante. Por isso, além de o médico receitar medicamentos para aliviar as dores, também pode aconselhar que a pessoa evite que a área transplantada seja exposta ao sol, para evitar queimaduras.

É ainda aconselhado lavar a cabeça pelo menos 3 a 4 vezes no dia seguinte à cirurgia e, depois, passar para 2 lavagens ao dia durante as primeiras duas semanas do pós-operatório, utilizando um shampoo específico de acordo com a recomendação médica.

Se o transplante foi feito com a técnica FUE, a pessoa já pode voltar à rotina, incluindo a prática de exercícios, 10 dias após o transplante, desde que não faça atividades que exerçam muita pressão na cabeça. Por outro lado, se a técnica foi a FUT, pode ser necessário que a pessoa fique em repouso, sem realizar atividades desgastantes, por mais ou menos 10 meses.

O risco do transplante capilar é o mesmo de qualquer outro procedimento cirúrgico, podendo haver maior risco de infecções, chance de rejeição ou sangramentos. No entanto, quando realizado por um profissional qualificado e experiente, os riscos são minimizados.

Como fica a cicatriz

Cirurgia sem cicatriz não existe, mas a cicatriz no implante capilar com a técnica FUE pode ser imperceptível quando a cirurgia é realizada por profissionais altamente capacitados
No caso com a técnica FUT, a região doadora é submetida a um fechamento que aproxima as bordas e esconde a cicatriz em meio ao cabelo restante.

Nós usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência e personalizar publicidade. Ao continuar navegando você concorda em com nossa Política de Privacidade. Nós usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência e personalizar publicidade. Ao continuar navegando você concorda em com nossa Política de Privacidade.
Unimedicos Medicina Em Estética LTDA - CNPJ: 08.824.588/0001-00
Desenvolvido por Construsite Brasil - Criação de lojas virtuais